Rádio Alternativa 21

“As Quica As You Can”, é o novo single dos Dead Combo retirado de “Odeon Hotel”.

O videoclip deste tema é a sequela do vídeo “Deus Me Dê Grana”, realizado por André Tentúgal.

As Quica As You Can” é o segundo single do mais recente disco da dupla Tó Trips e Pedro Gonçalves, depois de “Deus Me Dê Grana“, um tema há muitas semanas na playlist da Rádio Alternativa 21.

“Quando os Dead Combo me convidaram para filmar este “HOTEL ODEON” foi inevitável eu tentar materializar este espaço e fui em busca dessa imagem, que para mim seria o Hotel. Encontrei-o no centro do Porto e recheado de microcosmos de personagens paradas num tempo, no seu tempo. Filmei a sua solidão e os seus cruzamentos, reais e imaginários.” André Tentugal

O duo lisboeta editou a 13 de Abril, o seu sexto álbum de originais – “Odeon Hotel” foi gravado em Lisboa, nos Estúdios Namouche, entre Outubro de 2016 e Setembro de 2017. Com produção de Alain Johannes (Queen Of Stone Age, PJ Harvey, Chris Cornell, etc), este novo disco é a síntese perfeita da portugalidade e universalidade existentes na música dos Dead Combo. O álbum foi editado em format digital, cd e vinil duplo. Na primeira semana em que esteve nas lojas, foi número 1 do Top Nacional de Vendas.

Composto por treze músicas, o novo disco, contou com a participação de diversos músicos convidados na sua gravação, nomeadamente, Alexandre Frazão na Bateria, Bruno Silva na Viola D’Arco, Mick Trovoada na Percussão e João Cabrita nos Sopros. Alain Johannes, para além de assinar a produção deste disco, também participou na sua gravação. O destaque especial para as participações neste novo disco, vai para o cantor e compositor norte-americano Mark Lanegan, que dá voz a “I Know, I Alone”, um dos mais belos poemas escritos em língua inglesa por Fernando Pessoa.

Pela primeira vez na história da banda, o disco será editado em todo o mundo.

O novo disco dos Dead Combo está a ser apresentado em Portugal, numa Tour que teve início em Abril e que se estenderá até 2019.

Ao vivo, a banda apresentar-se-á com uma formação inédita com músicos convidados:
Tó Trips – Guitarras
Pedro Gonçalves – Guitarras, Contrabaixo, Melódica, Pianinho
Alexandre Frazão – Bateria, Voz
Gui – Sopros, Mellotron, Voz
António Quintino – Contrabaixo, Guitarras, Mellotron

Dead Combo

A história dos Dead Combo, a dupla formada por Tó Trips e Pedro Gonçalves, começou em 2003 na sequência de um convite do radialista Henrique Amaro (Antena 3) para compor e gravar a canção “Paredes Ambience”, incluída no disco de homenagem a Carlos Paredes “Movimentos Perpétuos – Música para Carlos Paredes”.

Os álbuns da banda editados até ao momento têm sido largamente elogiados em Portugal e no estrangeiro, recebendo vários prémios para “Álbum do Ano”.

“Lusitânia Playboys” (2008), o terceiro disco de estúdio, foi eleito “Álbum da Década” pelo jornal Expresso.
A dupla participou no episódio sobre Lisboa do programa “No Reservations” de Anthony Bourdain, o que lhes valeu a entrada no top 10 dos discos de world music mais vendidos no iTunes norte-americano.

Em Dezembro de 2014, coroando um ano com mais de 40 concertos realizados, esgotaram com espectáculos mágicos o Coliseu dos Recreios em Lisboa e o Teatro Rivoli no Porto. Também no final de 2014, ficou a saber-se que “A Bunch of Meninos” foi considerado pelos leitores do Blitz como o melhor álbum português de 2014.

O ano de 2015 começou com a chegada da música dos Dead Combo a Hollywood, através da inclusão de 2 músicas suas no filme “FOCUS”, realizado pela dupla Glenn Ficarra e John Requa e protagonizado pela super-estrela norte-americana Will Smith. O Globo de Ouro de 2015 para melhor banda, confirmou o reconhecimento nacional do trabalho de Tó Trips e Pedro Gonçalves.

Em 2016, a banda reinventa-se com a ajuda das “Cordas da Má Fama” e apresenta-se de forma mais acústica e por vezes surpreendente, de norte a sul de Portugal, culminando com o lançamento de um novo disco, o oitavo da sua carreira. Em 2017, os DEead Combo continuam a trajectória extraordinária que têm vindo a desenhar, com a consolidação da sua carreira internacional e a sua afirmação como uma das mais interessantes e importantes bandas do novo panorama musical português.

Próximos concertos:

Junho

21 Junho – Leíria – Festival A Porta (Teatro José Lúcio da Silva)
28 Junho – Alemanha (Fusion Festival)

Julho

14 Julho – Barcelos (Convento de Vilar de Frades)
17 Julho – Cascais (EDP CoolJazz)
20 Julho – Amarante (Festival Mimo)
22 Julho – Idanha-a-Nova (Boom Festival)
25 Julho – Suiça – Zurique (Rote Fabrik)
27 Julho – Suiça – Martigny (Palp Festival)
28 Julho – Ponte da Barca (Festival Folk Celta)

Agosto

3 Agosto – FICA VOUGA (Sever do Vouga)
12 Agosto – Festival Bons Sons
15 a 18 Agosto – Vodafone Paredes de Coura
31 Agosto – Faro (Festival F)

Setembro

1 Setembro – Braga (Noite Branca)
15 Setembro – Viana do Castelo (Viana Bate Forte)
28 Setembro – Fundão (A Moagem)
29 Setembro – Entroncamento (Steampunk Festival)

Outubro

5 Outubro – Moita (Fórum Cultural José Manuel Figueiredo
24 Outubro – Porto (Casa da Música)

Novembro

9 Novembro – Vila Real (Teatro Municipal)
17 Novembro – Santa Maria da Feira (Cine-teatro António Lamoso)
20 Novembro – Brasil – São Paulo (Festival Mimo)
24 Novembro – Brasil – Olinda (Festival Mimo)
29 Novembro – México – Feira do Livro Guadalajara

Dezembro

8 Dezembro – Viseu (Vinhos D’Inverno)

Siga a Alternativa 21

Música rock, indie e eletrónica. Desde 2010.