Novo álbum de Sean Riley sai a 13 de abril

2018 04 4 | Noticias

Desafiado por Paulo Furtado, Afonso Rodrigues foi até à aos Estados Unidos onde, em conjunto, viajaram pela Califórnia e gravaram, em quartos de motel, o primeiro disco a solo de Sean Riley.

Uma gravação crua, sem artefactos – em “California”, se prestarmos atenção, conseguimos ouvir os ruídos de cada local por onde passaram: Los Angeles, Carmel By The Sea, São Francisco e Joshua Tree (Rancho de La Luna).

Depois de uma apresentação do álbum ao vivo que compreendeu 10 datas de Norte a Sul do país com The Legendary Tigerman, o disco, que verá edição em vinil 10 polegadas e digital, chegará às lojas a 13 de Abril, com distribuição da Sony Music Portugal.

O design da capa do álbum ficou a cargo de Hélène Mailloux. “A escolha da Hélène para elaborar a capa foi simples. Conhecemos a Helene através do Régis (Hifiklub), um amigo Francês que fez um documentário sobre o Alain Joahnnes e que conhece aquele pessoal todo do deserto. O trabalho da Hélène é incrível e o Furtado acabou por trabalhar com ela no MISFIT. Como queríamos que houvesse uma ideia de ligação e continuidade tanto a nível musical como estético entre os 2 discos, era essencial ser a Hélène a fazer o CALIFORNIA também.” explica Afonso Rodrigues

“A razão pela qual escolhemos aquela imagem de capa foi porque acho que é a cara do disco. Aquela imagem é A América. As cores, o deserto, a longa recta, o motel de beira da estrada. Além disso é o primeiro motel onde ficámos (Joshua Tree) e onde tu lado começou. A foto é do Furtado, polaroid, porque decidimos seguir a mesma linha do MISFIT e usar apenas fotos analógicas. O mais engraçado é que depois da capa feita encontrei no meu telemóvel umas 4 ou 5 fotos muito semelhantes que tirei na primeira manhã que acordei naquele sítio. Pelos vistos aquele cenário e enquadramento seduziu nos desde o início.”

Pin It on Pinterest

Share This